A utilização das estratégias de recompensa no nosso dia-a-dia

Loyalty Marketing

2503

A utilização das estratégias de recompensa no nosso dia-a-dia

Métodos tradicionais, como uma lousa repleta de conteúdo, apostilas e apresentações de slides, são cada vez menos efetivos na missão de estimular pessoas ou equipes a um determinado comportamento. Isso porque não provocam o compromisso de engajamento com a causa e, mesmo que os objetivos sejam atingidos, não pode-se dizer que foram, com certeza, frutos desses métodos, pois a mensuração dos resultados é muito complicada nesses casos.

A utilização de uma estratégia de recompensa, com temática inspirada em situações profissionais seria uma ótima forma alternativa de provocar os envolvidos e engajá-los na causa, pois os remetem à realidade e os fazem tomar decisões com base em opções. Isso, segundo os princípios andragógicos (conceito de educação voltada para o adulto, em contraposição à pedagogia, referente a crianças), facilita o entendimento da lógica ao qual se está sendo submetido e favorece a compreensão e o engajamento.

Porém, a estratégia de recompensa não é uma novidade trazida pelo mercado educacional ou corporativo. Desde crianças, somos acostumados a viver os dois lados da moeda: oferecendo alguma recompensa em troca de uma ação desejada ou vice-versa. Nesse artigo, apresentaremos 3 situações comuns onde as estratégias de recompensa são utilizadas no nosso dia-a-dia. Apostamos que você já viveu, pelo menos, uma delas:

Cachorro + urinar no lugar certo = Biscoito

Se você tem um animalzinho de estimação, provavelmente já tentou ensiná-lo a fazer suas necessidades no lugar certo, dar a patinha, deitar, fingir de morto ou qualquer outro comportamento fofo do tipo. Nesses casos, não é novidade para ninguém que a maneira mais eficiente de conseguir isso é recompensando-o com um biscoito, sempre que ele cumpre o objetivo, como forma de parabenizá-lo e bonificá-lo. Perceba que a técnica é estimulante até para seres irracionais… Incrível, não!?

Criança + almoçar/jantar toda a comida = Sobremesa

Aqui, a história muda de figura, pois falamos de criaturas inteligentíssimas – as crianças. Qual a melhor maneira de conseguir com que o seu filho pequeno coma toda a comida do prato? Você que é mãe ou pai, com certeza, sabe a resposta: recompensando-o com aquela sobremesa ou, até mesmo, permitindo que ele vá brincar com os amiguinhos, depois do almoço ou jantar.

Canais de vendas + metas atingidas = Bonificação

Aqui, mais do que pessoas, estamos lidando com profissionais e empresas. No caso de um canal de venda que atinge as metas de venda de um produto no mês, por exemplo, pode haver uma bonificação financeira (ou em prêmios) para os profissionais. Neste caso, a recompensa é uma das principais estratégias do negócio. Além de engajar toda a empresa em um objetivo comum, a estratégia pode ainda estimular uma saudável competitividade e um ambiente colaborativo de trabalho.

A estratégia de recompensa nas empresas é uma iniciativa que consiste em provocar determinados comportamentos desejados nos stakeholders e, principalmente, medir o desempenho de forma que seja possível identificar os melhores caminhos. Assim como a gamificação, sobre a qual falamos nos dois artigos anteriores, esse conceito tem transformado o mercado em uma competição mais divertida e dinâmica, com melhores resultados e maior engajamento, seja dos clientes, colaboradores, stakeholders ou fornecedores.

Se você se interessou pelo assunto e deseja implantar estratégias de gamificação ou de recompensas na sua empresa, a fim de alavancar os negócios, procure por uma empresa especializada no assunto. Nós, da ValueNET, somos especialistas em gestão de programas de fidelização e atuamos como parceiros oficiais da plataforma de fidelização mais poderosa do mundo, a Fielo. Fale com um consultor e dê um passo à frente no mercado.

Considerando desenvolver uma estratégia de recompensa para a empresa?

A ValueNET oferece o software de fidelização mais poderoso no mundo para gerenciar sua estratégia por inteiro!