Como saber se minha empresa precisa de um programa de Loyalty?

Loyalty Marketing

1408

Como saber se minha empresa precisa de um programa de Loyalty?

Muitas empresas ainda não conhecem o conceito de Loyalty Marketing e por isso não percebem a necessidade e as oportunidades de contar com programas de relacionamento, fidelização e incentivos no plano estratégico da empresa.

No artigo de hoje, apresentaremos algumas situações que te ajudarão a enxergar a aplicação de estratégias de loyalty e quais benefícios elas podem gerar.

Quedas das vendas

Toda empresa está sujeita a ter quedas nas vendas. Isso pode acontecer por diversos motivos e um deles pode estar relacionado com a motivação da equipe. Colaboradores desmotivados impactam diretamente nas vendas e consequentemente nos resultados do negócio.

Uma boa estratégia de incentivos, focada nos funcionários, pode servir de estímulo e assim, alavancar vendas. Programas de metas que renderão benefícios como treinamentos, convites para eventos ou bonificações de acordo com o desempenho, são métodos capazes de manter sua equipe trabalhando assertivamente e muito mais satisfeita com a instituição.

Insatisfação dos clientes

Consumidores insatisfeitos não retornam às empresas. Uma das principais razões pelas quais isso ocorre, é pelo atendimento mal feito. Como dissemos no tópico anterior, uma equipe motivada é sinônimo de trabalho bem feito e atendimento de qualidade. Táticas de engajamento para funcionários, bem como treinamentos para ensinar as boas práticas de suas atividades e o oferecimento de boas recompensas pelo esforço, é um dos métodos que podem se encaixar para modificar e alinhar a motivação de uma equipe de acordo com os objetivos traçados pela empresa.

Paralelo à isso, a criação de programa de loyalty para clientes, que recompensem diversos comportamentos além da compra (como indicações de outros membros, reviews de produtos, etc.) também pode ser uma maneira efetiva de aumentar seus níveis de satisfação, garantindo um maior índice de retorno, de engajamento, bem como de procura pelos serviços que sua empresa pode oferecer.

Pouco conhecimento sobre os hábitos dos clientes

Conhecer o seu consumidor é um fator primordial para manter o trabalho alinhado aos desejos e aspirações dele. Quando não se sabe os gostos, as expectativas, os hábitos e o que ele espera da empresa, não se tem uma base daquilo que o agrada e o faz retornar, sendo assim, fica difícil fidelizá-lo.

Programas de loyalty marketing, quando bem gerenciados, agregam diversas informações do cliente e isso permite criar estratégias cada vez mais refinadas e, consequentemente, mais eficazes e que melhoram seus resultados. Lembre-se:

“Conquistar novos clientes custa entre cinco a sete vezes mais do que manter e investir naqueles já existentes.” (Philip Kotler)

Problemas de negociação com fornecedores

Empresas dependem de fornecedores ou pessoas que invistam e procurem seus serviços. Negociar preços, quantidades e prazos, as vezes pode ser difícil, seja em relação ao planejamento, seja em relação aos gastos da instituição.

Quando se tem um bom número de clientes fidelizados, isso reflete diretamente na relação com fornecedores. Se é de conhecimento deles que sua empresa possui muitos consumidores fiéis, as chances de que ele opte por vender os produtos na sua empresa ao invés de fazer isso na concorrência são muito maiores. Você terá a chance de negociar preços, prazos, quantidades e adequar o planejamento mais facilmente.

Dificuldade de praticar preços mais altos

A baixa procura muitas vezes impede que a empresa eleve os preços dos serviços oferecidos, por medo de reduzir ainda mais a busca e gerar altos níveis de déficit nos lucros.

Quando o cliente é leal, ele não olha simplesmente para o custo do produto e sim para todos os benefícios envolvidos, como é o caso do bom atendimento, por exemplo. Por essa razão, mesmo que a empresa com a qual ele está fidelizado aumente um pouco o preço, não será isso que fará com que ele pare de comprar.

Baixa visibilidade da marca

A experiência do usuário precisa ser completa. Por isso, o mais indicado é tornar a informação o mais acessível possível. Isso pode ser feito através da utilização de recursos como aplicativos mobile com acesso à câmera do celular, por exemplo. Os participantes do seu programa de fidelidade podem interagir enviando fotos das suas ações e também compartilhando nas redes sociais, conforme falamos em um artigo anterior. É fundamental fazer uso de todas as tecnologias disponíveis.

Caso ainda tenha dúvidas e precise de ajuda para saber se um programa de loyalty é ideal para sua empresa, a ValueNET é especialista no assunto e possui consultores dispostos a entender a sua necessidade. Entre em contato conosco e tire suas dúvidas!

Quer saber se sua empresa necessita de estratégias de Loyalty Marketing?

Fale com um de nossos consultores e tire suas dúvidas com especialistas