Loyalty Canvas na prática para o setor de eletroeletrônicos

Loyalty Canvas

0401

Loyalty Canvas na prática para o setor de eletroeletrônicos

Anteriormente nós apresentamos o Loyalty Canvas – metologia desenvolvida pela ValueNET – para a criação e planejamento de programas de incentivo e fidelização e também disponibilizamos um Kit de Ferramentas para você aprender a preencher cada uma das áreas.

Hoje percorreremos todas as áreas do Loyalty Canvas novamente, porém com um detalhe: desta vez mostraremos uma experiência prática, tendo como exemplo um programa de incentivo feito para os canais de venda e distribuição (trade) de uma empresa do ramo de eletroeletrônicos:

loyalty canvas exemplo eletro

1- Objectives (Objetivos)

A área de objetivos do Loyalty Canvas é designada para que a empresa defina o que deseja alcançar através do programa de incentivo. Neste caso o foco principal é:

  • Engajar vendedores com a marca – fazer com aqueles que são parte dos canais de venda e distribuição da empresa indiquem os produtos da marca e se engajem com ela.
  • Aumentar o número de vendas – tornar os participantes mais engajados terá como consequência aumentar o número de vendas, melhorando os resultados da organização.

2- Members (Membros)

Qual público o programa de incentivo quer incentivar e engajar? Para quem ele está sendo feito? Os membros envolvidos neste exemplo são todos aqueles que atuam nos parceiros de trade empresa, ou seja, vendedores e equipes de vendas dos canais de venda e distribuição.

3- Behaviors (Comportamentos)

Para atingir os objetivos, é preciso saber quais comportamentos o programa deseja incentivar em seus membros, neste caso, os vendedores e as equipes de vendas. Citamos alguns comportamentos no Loyalty Canvas, mas poderiam ser outros, além daqueles:

  • Atingir as metas de vendas;
  • Indicar produtos da marca;
  • Conhecer e testar os produtos;
  • Usar corretamente os materiais de merchandising, como panfletos, folders, materiais, etc;
  • Preencher adequadamente pedidos e follow up de vendas;
  • Expor e repor corretamente os produtos nas gôndolas/prateleiras da loja;
  • Ter maior conhecimento sobre os produtos da marca;

4 – Rewards (Recompensas)

Quais premiações o programa de incentivo oferece? Qual a oferta de valor elas agregam e como podem ser relevantes para o público alvo?

É importante selecionar recompensas que tenham afinidade com os objetivos e comportamentos que a empresa deseja incentivar e, é claro, que sigam o perfil do público. Vale ressaltar, como já dissemos em outro artigo, que recompensas em dinheiro já se tornaram obsoletas e não proporcionam uma experiência diferenciada ao participante do programa de incentivo. Neste caso, as premiações são:

  • Catálogo de premiações – oferece uma variedade de produtos e diversas opções em que os pontos acumulados no programa de incentivo podem trocados em um portal de prêmios para os ganhadores.
  • Reconhecimento – portal para reconhecer e premiar os melhores vendedores. Por exemplo: indicar vendedores para atendimentos especiais, demonstrar o quanto aquele profissional entende de fato do assunto e dos produtos que vende (com badges, certificados).
  • Experiências – oferecer treinamentos especiais sobre os produtos da empresa, visitas à fábrica para que o vendedor conheça todo o processo de produção dos eletroeletrônicos que ele vende, acesso a conteúdos especiais ou a palestras com temas relevantes e com especialistas, cursos de capacitação, etc.

Nesse caso – através do Fielo, nossa plataforma própria de gestão de programas de incentivo – é possível estabelecer rankings e controle das pontuações dos participantes e aplicar conceitos de gamification, engajando as equipes de venda em competições entre si ou mesmo entre diferentes pontos de venda.

5 – Channels (Canais)

É preciso estabelecer os canais de relacionamento com o cliente. Nesse caso, uma ideia é desenvolver um portal onde todos os vendedores cadastrados poderão ter acesso às regras do programa de incentivo, aos objetivos e metas de pontuação e também para o resgate das recompensas oferecidas. Por meio do portal os participantes conseguem visualizar as categorias de vencedores e quais os critérios de cada uma delas, bem como sua própria evolução e histórico de pontos.

Também é interessante desenvolver um aplicativo, para que os participantes do programa de incentivo possam acessar as informações através de seus dispositivos móveis, como tablets e smartphones.

6 – Resources (Recursos)

Nesta área do Loyalty Canvas foram listados o portal e o aplicativo, que são recursos que precisam ser desenvolvidos, que possuem custo e que fazem parte da operação do programa de incentivo para os canais de vendas e distribuição.

7 – Partners (Parceiros)

Quais parceiros podem ajudar o programa de incentivo a atingir seus objetivos? Dentro do caso que estamos traçando hoje, essa área não se aplica, mas é importante analisar corretamente o perfil e negócios da sua empresa, pois pode ser uma área estratégica para diversos segmentos.

8 – Costs (Custos)

Quais custos são inerentes ao desenvolvimento e manutenção do programa de incentivo? Neste exemplo:

  • Premiações – todo custo envolvido na aquisição das premiações, sejam elas quais forem.
  • Operação do programa – investimento com a equipe de especialistas e solução tecnológica ou a empresa responsável pela criação, operação e manutenção do programa de incentivo.
  • Desenvolvimento do aplicativo – custos com o desenvolvimento da aplicação.

9 – Revenues (Receitas)

Bem como os parceiros, essa área não se aplica ao exemplo que estamos trazendo para você hoje. Isso não significa que sua empresa também deve excluir ou não dar atenção a esse ponto do Loyalty Canvas. Caso haja alguma mensalidade ou custo de adesão ao programa de relacionamento que você for criar, a receita deve ser listada nesta área.

Gostaria de ver um Loyalty Canvas feito especialmente para o segmento de atuação da sua empresa? Então deixe sua sugestão nos comentários ou nos envie um email!

Quer testar o Loyalty Canvas na prática?

Montamos um kit com todas as informações que você precisa para usar a ferramenta. Faça o download, preencha e nos envie pelo marketing@valuenet.com.br. Faremos uma análise sem compromisso para dar dicas e sugestões sobre o programa que você criar.